sexta-feira, 23 de julho de 2010

A Doença e o Doente


Reflexão

Escolhi esta especialidade porque a medicina e a ciência estão voltados para os interesses privados combatendo as doenças e não tem tempo e nem interesses para estudar a suas causas e assim cuidar da saúde, e muito menos das pessoas que adoecem.

Para  mim, o doente é quem merece todo o cuidado e estudo. Os sintomas são apenas sinais de uma vida em desarmonia, a  vida deve ser vista e compreendida de maneira ampla, Holística. Eu trago uma proposta de Terapia capaz de enxergar e compreender o todo que envolve uma pessoa e os sinais emitidos pelo seu organismo. Através da interpretação minuciosa, é possível detectar uma doença antes que ela apareça em  forma de  manifestações  física( sintomas, exames laboratoriais etc.) Mesmo a doença ter-se manifestado as técnicas aturam como um sistema facilitador, integrando o homem a si mesmo(Corpo, Mente, Emoção e Espirito), ao outro e ao meio em que ele vive; interferindo de maneira natural no processo de cura e principalmente na origem dos problemas.  A doença quando compreendida e respeitada poderá se transformar num potente elemento evolutivo e sinalizador, tanto para o doente como para o terapeuta, e juntos evoluirão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.